Homem que asfixiou e ateou fogo em travesti depois de programa é capturado

0
1827
Fábio ateou fogo em “Jéssica” depois de tentar asfixiá-la (Foto: reprodução)

A polícia finalmente prendeu nesta segunda-feira, 14, o indivíduo Fábio Barreto da Silva, 23 anos, acusado de ter tentado asfixiar e depois ateado fogo em Alef Pereira, ou Jessica Dime, como preferia ser chamado. O crime foi praticado no dia 28 de julho, na região de Alcântara, em São Gonçalo/RJ.

 

Naquele dia Fábio e Jéssica, depois de combinarem um programa, foram para um hotel para o rala e rola num local mais aconchegante. Tempos depois, Fábio saiu e retornou minutos depois com algumas garrafas de bebidas. O que aconteceu em seguida a polícia ainda não sabe como explicar.

 

Só sabe que depois de tentar asfixiar o travesti e deixá-lo desmaiado, Fábio ateou fogo no quarto e no tecido embebido de bebida alcoólica que tinha envolvido a vítima. Em seguida, trancou a porta com Alef dentro do quarto e saiu, tomando rumo ignorado.

 

Em entrevista à imprensa, Alef afirmou que o travesti Jéssica Dime morreu simbolicamente naquele quarto de hotel, e que não mais se apresentará daquela forma para ganhar dinheiro. Ele permanece internado no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo.

 

Quanto a Fábio, que já era procurado por outros crimes, como tráfico de drogas e roubo, está à disposição da justiça e deverá ser ouvido nesta terça-feira, 15, pela delegada Carla Tavares, titular da 73ª DP, de Neves, que está presidindo o inquérito sobre o caso.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here