Morreu Moa, o primeiro presidente homossexual de legislativo no Brasil

0
288
Moa foi presidente da câmara de Nova Venécia/ES (Foto: reprodução)

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Nova Venécia/ES, Moacyr Sélia Filho, 60 anos, conhecido como Moa Sélia, morreu na noite de sábado, 06, vítima de uma grave pneumonia. Moa foi o primeiro homossexual a presidir uma casa legislativa no Brasil, entre 2006 e 2008.

 

Sua morte foi confirmada às 22h. Ele estava internado no Hospital São Bernardo, em Colatina. Ele exerceu o cargo de vereador por três mandatos e chegou a participar do programa do Jô em 2009, ocasião em que falou sobre sua luta contra o preconceito.

 

Moa se internou na quarta-feira, 03, para tratar de uma pneumonia, mas teve falência múltipla dos órgãos e morreu. Ele usava cadeira de rodas ha três anos em virtude de seqüela de uma cirurgia para retirada de tumor no cérebro, o que acabou prejudicando os movimentos do corpo.

 

O ex-vereador não deixou herdeiros. Ele tinha dois irmãos e morava com a mãe. O seu velório foi na Capela Mortuária em Nova Venécia e o enterro acontece às17h, no Cemitério São Marcos. Moa, além de ex-vereador, foi contador e cabeleireiro.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here