Mulher quase teve pernas totalmente comidas por bactérias após depilação

0
1529
Por pouco Dana não perdeu suas pernas depois de infectada por uma bactéria (Foto: reprodução)

A ex-chefe de cozinha Dana Sedgewick, 44 anos, quase morreu depois de fazer uma depilação. Ela, que mora em South Yorkshire, na Inglaterra, foi infectada por uma bactéria que fez com que a pele de suas pernas apodrecesse, e os médicos disseram que ela nunca mais andaria.

 

Dana, como de costume, usou uma lâmina de barbear nova para fazer a depilação. Mesmo assim, dois dias depois ela começou a se sentir mal e notou uma espécie de espinha na virilha, que não parava de sangrar, além de sentir tonturas e náuseas.

 

Mesmo depois de medicada, constatou pouco tempo depois a existência de uma erupção vermelha sangrando em sua perna. Rapidamente correu para o hospital, aonde chegou com as pernas cobertas por uma carne preta e podre. “Eu não acreditava que conseguiria sobreviver”, disse a ex-chefe de cozinha.

 

As coisas foram só piorando para Dana e durante mais de 10 horas de cirurgia, os médicos tentaram salvar a vida e as pernas da ex-cozinheira. Eles retiraram sete centímetros de pele infectada e no local aplicaram a pele das costas da paciente.

 

Para piorar ainda mais, os médicos descobriram durante a cirurgia, que ela havia desenvolvido septicemia (quando micro-organismos venenosos entram na corrente sanguínea) e disseram que Dana tinha apenas 30% de chances de sobreviver, pois seu coração parou quatro vezes.

 

Ela ficou em coma induzido por nove dias, e quando acordou e viu suas pernas, contou que todo o seu músculo tinha apodrecido, “deixando uma cratera de pele perto da virilha”. Dana se recupera em casa, onde vive com seu marido e filhas, que a apoiaram durante todo tratamento.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here