Secretário é acusado de provocar o fechamento de hospital no norte

0
467
Fechamento do Hospital Santa Rita prejudica a população de São Gabriel da Palha (Foto: reprodução)

Roberto Morandi, secretário Municipal de Saúde de São Gabriel da Palha/ES, está sendo acusado pelo deputado Enivaldo dos Anjos (PSD), de ser o responsável pelo fechamento do Hospital Santa Rita, que de agosto de 2016 a maio de 2017, realizou 54,6 mil atendimentos, entre partos e cirurgias.

 

Enivaldo disse que avisou a população no ano passado que isso aconteceria, em virtude da má vontade política do secretário, que deixou a população sem opção, tendo que recorrer apenas ao Hospital Fernando Serra, que não tem capacidade para atender à demanda.

 

O Hospital Fernando Serra, depois que saiu da gestão da Fundação Rural passando para o Instituto Solidário, reduziu para menos da metade a quantidade de atendimentos, caindo de 2500 para 1200 atendimentos ao mês. “Como é que a população vai ser atendida agora?” questionou o deputado.

 

Deputado Enivaldo dos Anjos coloca prefeita Ceia contra a parede (Foto: reprodução)

A manutenção do secretário no comando da saúde pela prefeita Ceia Ferreira (SD) depois do estrago que ele fez em 2010, ocasião em que fechou o Hospital Santa Rita, causou estranheza em Enivaldo. O referido hospital foi reaberto em agosto de 2016, graças à mobilização da população são gabrielense.

 

“A prefeita se diz favorável ao funcionamento do Hospital Santa Rita, mas mantém um secretário que contraria o seu pensamento”, salientou Enivaldo dos Anjos, acrescentando que é necessário que a prefeita exonere Roberto Morandi e assuma o comando da saúde.

 

“Nada justifica esse privilégio do Hospital Fernando Serra, que sequer tem capacidade para absorver os mais de 50 mil procedimentos que o Santa Rita realizou em menos de 10 meses”, finaliza Enivaldo, que prometeu denunciar da Tribuna da Assembleia as manobras do secretário.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here